Buscar

EXERCÍCIO FÍSICO E SAÚDE MENTAL: CONHEÇA OS BENEFÍCIOS PARA A SUA VIDA

Atualizado: 29 de set. de 2021

Saiba mais sobre como o exercício físico pode melhorar a sua saúde mental, além de também proporcionar melhoria de relações sociais. Também, temos dicas para você sobre como burlar o sedentarismo.




Antes de falarmos da importância do exercício físico, é necessário que se saiba de fato qual a definição desse hábito de vida que tanto beneficia nosso corpo como veremos mais à frente. O exercício físico tem como estrutura principal o planejamento com um objetivo já estabelecido, como melhora do componente físico (muscular ou equilíbrio por exemplo), geralmente sendo orientado por um profissional de educação física, então, saiba que todo exercício físico é uma atividade física mas nem toda atividade física é um exercício físico.


O exercício físico vai além da redução de medidas para “entrar em uma calça antiga”, perpassa por melhoria das capacidades cognitivas, prevenção de doenças como obesidade, diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares. Além de também impactar positivamente na saúde mental dos praticantes de exercícios. Segundo a OMS, o mundo vive uma epidemia de sedentarismo, o que hoje nos trás um alerta para que justamente a sociedade em geral não tenha todos esses e/ou outros problemas na saúde física e mental. O indivíduo que é sedentário, também têm maiores riscos para desenvolver problemas ligados à ansiedade, depressão e estresse.


Por isso, segue abaixo dicas para evitar o sedentarismo e colocar logo seu sapato pra dar uma corrida na rua da sua casa ou condomínio:


  • Praticar exercício físico escutando uma música animada e feliz, dentro do spotify tem-se muitas playlists já prontas para que você coloque o play e receba estímulos sonoros instantaneamente;

  • Chamar um amigo para praticar exercício físico com você, assim, você garante uma boa companhia e fortalece a amizade, um grande combo;

  • Definir um dia e horário para praticar, saiba que ter um objetivo claro ajuda bastante na busca por hábitos saudáveis e faz parte disso também essa delimitação para que não tenha desculpas. #EstamosDeOlho.


Agora vem a pergunta do ano, como o exercício físico contribui de fato para um bem estar, também da sua saúde mental? Cientificamente, um estudo feito com grupos de mulheres durante seis meses, concluiu que a prática de atividades físicas fez com que um grupo (ativo) registrasse melhoras em relação aos níveis de atenção, memória, agilidade e no padrão de humor em comparação ao outro grupo de mulheres sedentárias. Assim, o estudo também concluiu que realizar atividades físicas é uma alternativa não medicamentosa muito importante na melhoria cognitiva em idosas.

Ainda falando sobre como o corpo reage em relação a saúde mental e exercício físico, o artigo publicado pelo jornal estado de minas, em consulta com especialistas das áreas de saúde como psicólogos e educadores físicos, afirmam que ao uma pessoa se exercitar, é possível a liberação de hormônios como a endorfina, que nos dá uma sensação de felicidade, além de também, reduzir o estresse. Além disso, o exercício físico auxilia nas relações sociais dos indivíduos. Como é colocado pela psicóloga Sônia Eustáquia, que afirma que: “Pela prática regular de atividades físicas de forma diária, ocorre a liberação de um hormônio chamado endorfina (conhecido como o hormônio da alegria, que promove a sensação de bem-estar, euforia e alívio de dores) e da dopamina (que gera efeito tranquilizante e analgésico na pessoa que pratica). Tais alterações promovem uma sensação relaxante pós-esforço e, em geral, as pessoas conseguem manter, em longo prazo, um estado de equilíbrio psicossocial mais estável frente às ameaças do meio externo”.


Além desses pontos, em entrevista para o nosso portal, o Profissional de educação física e Diretor das empresas Dr. Exercício e Dr. Personal, Thiago Gomes, afirma que a prática de exercícios físicos contribui para uma melhora do bom humor e regulação de sono, conforme é melhor visto em sua fala “o exercício físico sendo feito na medida adequada pode ser um ótimo regulador do cortisol, hormônio que em grande quantidade acaba tendo um efeito ruim no cotidiano das pessoas. O exercício físico consegue fazer com que a gente tenha essa regulação dos níveis e o principal benefício é a diminuição do estresse maléfico, não dando margem para o surgimento de doenças mentais e fortalecendo o nosso sistema imunológico. (por exemplo, combatendo vírus e bactérias oportunistas).”

Quer ficar por dentro de mais informações sobre saúde e exercício físico? Siga nosso perfil no instagram @drexercicio. aperte AQUI Para que você tenha mais informações das fontes que construíram o presente artigo, acesse os sites abaixo:

https://previva.com.br/exercicios-fisicos-e-saude-mental/

https://www.em.com.br/app/noticia/bem-viver/2019/09/16/interna_bem_viver,1085551/veja-como-a-pratica-de-atividade-fisica-pode-auxiliar-no-tratamento-de.shtml


#SetembroAmarelo #DrExercicio #Slz #MA

63 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo